Eu penso (também) assim:

Desejaremos, um dia, o que vivemos: realidade fugaz dos sentimentos,
cheios de paz, de gozo e amor insano!



27 de outubro de 2009

Amigos Poetas

(Imagem da net)

5 comentários:

Jacinta Dantas disse...

Nossa!
apaixonadamente apaixonante esse poema. O Amor, ah o amor!
esse sentimento que faz tantas coisas bonitas, que nos faz bonitos e que nos presenteia com lindos poemas.
Um abraço

Miguel disse...

Esta é a minha amiga Ro!
Apaixonada de v ibrante mesmo quando posta textos e poesias que não são suas.
Adorei teu retorno aiga!
Retornastes no dia em que comemoramos, eu e a Soninha nossas vitorias no Concurso do 1o. Encontro Nacional de Blogueiros.
Gostaria ta to de te ver por lá

Soninha disse...

Olá, Crys, amada amiga!

Uma linda exaltação ao amor. Lindo o poema do Nelson.
Mas, quero var os seus escritos, sempre recheados de caso engraçados e de tantas outras coisas interessantes.
Saudade.
SOu-lhe grata pelo carinho expresso lá no Roda.
Valeu, amiga!
Muita paz! Beijosssssssssss

nelson disse...

Querida Crys, que honra! Estou muito feliz mesmo com este teu carinhoso acolhimento...é como um abraço bem gostoso o que sinto..poesia em meio as flores, linda composição!! Beijos muitos para ti....

Cecília disse...

Que lindo, lindo e vibrante! Adorei!!!

Beijossss!
Tenha uma linda semana!