Eu penso (também) assim:

Desejaremos, um dia, o que vivemos: realidade fugaz dos sentimentos,
cheios de paz, de gozo e amor insano!



3 de abril de 2008

Só pra ouvir...

Sabe aquela música? Então, tem uma parte que diz assim:
As suas queixas tão justificáveis

Depois uma outra parte que diz:
Amor eu sinto a sua falta

E ainda, pra concluir:
Diante da eternidade
Do amor de quem se ama

Mas o refrão delícia diz assim:
Será que eu sei?
Que você é mesmo
Tudo aquilo que me faltava...

13 comentários:

melômano disse...

delícia de música, é do falcão?

Dora disse...

Crys-Rô...Aquele seu blog antigo, de flores que me esperavam...ele gostava de mim...Esse, novo, não gosta...visse? Eu fico à porta e ela vai abrindo assim, tipo...meia hora...Não entendo. Não fiz nada prá ele...rs
Eu sei que você está falando de amor, sempre...
Mas, agora, estou sentindo que o amor está triste!!!
Até a escolha das letras das músicas está me sinalizando isso: "Amor, eu sinto sua falta..." Se existe tanto amor em você e à sua volta, não há que sentir falta. Há?
Beijos da amiga,
Dora

Paulo R Diesel disse...

As vezes quando percebemos, Crys,
o tempo passou e o que nos faltava ainda falta.
Beijo.

Srta. Bia disse...

o nando reis me mata toda vez que canta isso. acho que tenho uns cinco posts escritos ao som dessa música.
ótima escolha, Crys e bela casa!

gabriel disse...

ok, eu admito: sou o causador deste post!

Claudia Pit disse...

...Oi Crys, estava com saudades!
Perdoe-me, não sei o nome da letra, mas nem precisa... basta saber ouvir e apreciar não é mesmo...rsrs!

Bjs em seu coração
Cláudia

Cherry disse...

Menina, sou movida por várias coisas, e música é uma delas...
Não pode faltar...

Ah, não pode...

Beijos!

Zeca disse...

Crys,

pelo jeito os tempos são de saudades... saudades do amigo no post anterior e agora, essa música, cheia de nostalgias...

Beijos. Carinho.

Marie Tourvel disse...

Oi querida. Retribuindo sua visita. Seu blogue é muito bom, viu? Vou aparecer sempre por aqui. E apareça sempre lá no meu. Somos irmãs de "Letras". Beijos

Anônimo disse...

Reparou que tem umas perguntas que pensam, na verdade, serem respostas?
Beijo grande, amiga!

Lela

Tânia disse...

Também ando assim, com saudades...ás vezes até de mim mesma...
Linda música, excelente trocadilho.
Beijocas

sôdoida disse...

Bom, atualmente não tem me faltado muita coisa, não, ó! É como eu disse outro dia: a única coisa que me tem embaçado a alegria é a ausência da minha mana. Mas eu sou paciente, e janeiro taí, pertinho. Né? rs :-D
Bjo, manazinhaaaaaaaaaaaaaaaa!

Criando vergonha na cara e com mais tempo, RESPONDENDO aos amigos: disse...

P/ MELÔMANO: importa? vai ouvindo que eu sei que tu é chegado numa 'modinha'

P/ DORA: Dorita do meu coração, o blog de vez em qdo fica revoltado até comigo, acho que é meio tímido, ta novinho ainda, mas relaxa, o importante é não desistir, rsrs.
Miga, pra mim o amor é fundamental, e qdo ele dá uma baixa, eu perco, como diria meu pai, a poesia, perco o rumo. E outra, qdo a gente ama, queremos o amor sempre por perto. Tendeu???
Beijo Dora, bom demais qdo vc 'me ler'


P/ PAULO: O problema, caro amigo Paulo, é que, a gente sempre quer mais, é uma 'falta' insaciável.

P/ Srta. BIA: Amiga, a letra me diz muito, acredita que é o toque do meu despertar no celular, ou seja, todo dia acordo com Nando Reis me chamando, bem que podia ser o outro, mas...rsrsrs

P/ GABRIEL: Se não era, agora é... sinto sua falta mesmo, e vc sabe disso... Beijo, meu lindo!

P/ CLAUDIA PIT: Sem problema, amiga, ouça apenas e curta. Mas me diga, ta tudo bem, e a cirurgia? Ta se cuidando? Espero que sim. Bjos de saudades

P/ CHERRY: Vc tem razão, a música é um complemento essencial, não pode faltar nunca. Beijocas Che

P/ ZECA: Meu amigo, saudade é meu nome, sabia não????? rsrs. Beijo, carinho e saudade.... (faz falta lá no grupo, viu?)

P/ MARIE: Seja bem vinda Marie e obrigada pelo carinho! Gostei muito das suas letras tb, retornarei com certeza!

P/ LELA: Reparou que vc sempre acerta nas respostas?
beijo in tu Lê!


P/ TÂ:O problema Tâ, que no meu caso, não existe o ‘as vezes’ , existe o 'sempre' de tudo, de todos que me fizeram ou fazem bem. Beijinhos, amiga

P/ SHI: Égua, Shica, meu problema é que sempre tá me faltando. Mas isso não quer dizer que atrapalhe minha alegria, tipo assim, uma coisa, independe de outra, tranquilamente. Mas sinto falta, sim! Beijosssss