Eu penso (também) assim:

Desejaremos, um dia, o que vivemos: realidade fugaz dos sentimentos,
cheios de paz, de gozo e amor insano!



27 de abril de 2009

Sob o luar! (Reminiscências)

Imagem dos meus arquivos.

18 comentários:

Rosangela Neri disse...

Já vivi momentos parecidos... aventuras que passam mas deixam marcas.

Belissimo!

Beijocas da Rô

luzdeluma disse...

Crys, as pessoas possuem tantas reservas, que não sei se você tivesse dito, teria ele acreditado. Mas você tem uma cúmplice: a lua! Ela sabe tudo!! Beijus

Miguel S. G. Chammas disse...

Amiga, essas são confidências da meia-noite?
A lua apareceu no Jardim das Letras e atiçou as reminiscências sda autora?
Não importa, o importante é que eu gostei e muiito desta cronica.
Bjs

disse...

pois é crys querida... isso aconteceu comigo.. eu amei o miguel desde o primeiro dia que o conheci em uma festa de amigos em comum...apesar de estar no processo de separaçao eu ainda estava casada... e ele nao...
dai ficamos amigos e depois sai em viagem de ferias...qdo retornei ele havia sumido.. e depois de um tempo soube que ele havia voltado com uma antiga namorada e posteriormente "casou" com ela...
fazer o que ne? eu me separei e fui cuidar da minha vida... mas o deixei la guardado em meu coraçao.. la bem quietinho pq eu nao sabia o que a vida me reservaria..
e entao um dia recebo um email de uma amiga nossa dizendo que o miguel havia voltado e perguntado por mim e pedia que eu entrasse em ctt com ele urgente..
ahhhhh as lembranças.. ele nao sabia o qto ainda era importante para mim.. e entrei em ctt com ele..
bom resumindo hj estamos caminhando juntos... e ele sabe (pq eu contei) o qto ele era, é e sempre sera o amor que eu tanto esperei...
é isso ai...por essas e por outras que acredito na vida.. e em tudo o que ela nos proporciona..

um gde beijo.. fique na bençao do Maior...

Lino disse...

O grande amor perdido, e sonhado, acho que todos nós temos. É o nosso lado romântico colocado em ação.
Mas, mudando totalmente o foco, tem um prêmio/tarefa para você no blog.

Anônimo disse...

Lembrei de algo bem parecido que aconteceu comigo recente, e ao contrário de vc, eu quero muito que ela saiba, e eu vou fazer o possível pra que isso aconteça.
Gosto muito de ler seu blog, admiro sua escrita.
Por enquanto sou só um leitor anônimo, não tenho blog.
Um abraço!

Goés

Soninha disse...

Olá, Crys!
Recordar é viver, já dizia o refrão de velha canção popular.
Realmente é bom recordar as boas situações vividas...Os grandes amores...as grandes paixões...as alegrias...Tudo isso nos renova e nos faz sentirmo-nos vivos.
O ruim é quando passamos a ter estas recordações e desejos de revivê-los por conta de insatisfações que talvez estejamos passando.
Mas, de qualquer forma, gostei muito de sua história!
Muita paz! Beijosssssssssss

Dora disse...

Crys. Que lembrança gostosa de reviver! E de partilhar! Há esses acasos na vida, em que uma estrela brilha prá nós, alguns instantes, e a gente pensa que será prá toda vida! Mas, mesmo não sendo, o brilho da estrela permamece, como nessa recordação de um "príncipe encantado" que passou...
E lembranças boas servem para aquecer a alma, quando ela se sente "esfriar"...assim...de repente...Né?
Beijos, beijos.
Dora

dácio jaegger disse...

O amor precisa de um vírus para contaminar as pessoas, transformar-se em uma pandemia sem que idiotas comecem a pensar em vacina. É preciso que a carga de vírus se replique moderadamente para um amor saudável. Se souber algo te aviso. Atualmente os anticorpos estão espalhados demais. Beijos

QuincasB disse...

era filme com boris karloff, confere?

Ana Lúcia. disse...

Cryssssssssssssssssssssss!
Saudade docê, menina!
E...
Convenhamos:
de aventuras principescas, o céu de nossas almas
está repleto...
Eis ainda
Luas e Estrelas,
guardando em segredo
mãos sorrateiras;
beijos sabor quero mais;
promessas de nunca mais...
E, tudo isso
foi tão bom
e ainda faz tão bem...
Amei Crys!
Deixo aqui um beijãozinho matando a saudade,
um abração apertadinho gritando alegria!!

Marta disse...

Pois é amiga. Passamos por isso, somos amados e nem sabemos...amamos e a pessoa amada não sabe. Infelismente isso acontece.
abraço e fica com Deus

Paulo R. Diesel disse...

São fatos, são coisas, são momentos.

shi disse...

A vida marca, tem jeito não, né? ;-)
Bjo, manazinha!

Beti Timm disse...

Crys, parece que sempre fomos importante na vida de alguém, as vezes a pessoa nem sabe, mas nós sabemos e é o que basta.
Menina sobre meu conto, existe um pouco de ficção e um pouco da realidade. A realidade,eu convivo até hj. Outra hora te conto...rs

Beijinhos

Cecília disse...

Adorei!!!
Não tem cumplice melhor que a lua, né??

Beijo grande!!!

Cecília disse...

Crys Amada!
Au mais uma vez!
É pra dizer que tem uma coisinha pra você lá no blog!

Beijão

Grace Olsson disse...

Crys, eu já vivi algo assim. MaS NAO TIVE RECEIOS DE LUTAR. Mesmo que nao tenha durado.Mas durou o suficiente para eu guardá-lo para sempre.-Ele tinha outra princesa e chegamos à conclusao que:

EU CHEGUEI ATRASADA E ELE SE PRECIPITOU EM CASAR ANTES DE ME ENCONTRAR.

Mas, o que sei é que a vida continulou eum belo dia, dei de cara com meu marido que é um PRICNIPE DIÁRIO E ME FAZ FELIZ.DEMAIS.

Olha, divulga meu livro, princesa. preciso de dinheiro para retirar minhas criancas do campod e refugiados...
bjs e dias felzies