Eu penso (também) assim:

Desejaremos, um dia, o que vivemos: realidade fugaz dos sentimentos,
cheios de paz, de gozo e amor insano!



24 de novembro de 2008

Eu tô voltando


“Pode ir armando o coreto e preparando aquele feijão preto... Eu tô voltando
Põe meia dúzia de Brahma pra gelar, muda a roupa de cama... Eu tô voltando
Dá uma geral, faz um bom defumador, enche a casa de flor... Que eu tô voltando...
Quero lá.. lá.. lá.. ia.. porque eu to voltando!”


Voltei e voltei cantando, dá pra perceber que eu estou bem, né?! Estou feliz!!
Tem um ditado que diz: "Não há bem que sempre dure e nem mal que nunca acabe".
Eu achava que demoraria mais tempo pra retomar meu lugar de blogueira, mas me sinto bem e volto renovada.
Problemas sérios de saúde na família, foi um dos motivos pra eu ficar ausente do meu Jardim. Mas Graças à Deus, alguns dos problemas resolvidos e outros superados. Eu diria que me sinto de alma lavada.

Muitas vezes, como todo mundo sabe, é necessário sair do meio, desligar um pouco, ficar off, dá um TEMPO, porque há algumas coisas que só ele (o tempo) resolve, não dá pra forçar a barra.

A "fome" de postar é grande, mas no entanto, não sei se terei o mesmo tempo de antes, é que a minha mãezinha continua em casa comigo, precisando de minha atenção. Mas, o importante disso tudo, está em sempre ter alguma coisa pra fazer por aqui, como, escrever e dividir com vocês minhas sandices.

A todos que passaram e encontraram o Jardim fechado, (a ausência da caixa de comentários se fez necessário para diminuir a minha ansiedade de estar aqui). Os que se preocuparam, os que escreveram (email), os que ligaram e os que respeitaram o meu silêncio… Meu muito OBRIGADA!
Beijos e carinhos!
.

10 comentários:

Anônimo disse...

Fico feliz por ti Ro. Pela mami também.
Abração
cla

Anônimo disse...

Feliz em vê-la de volta, amiga.
Beijo grandemais!

Lela

P.S.: ó, não gosto de anonimato, mas o trem lá fica só avisando que a url tem caracteres inválidos. Olha aí o que tá acontecendo.

Miguel disse...

Alvissáras!
Soltemos fogos, brindemos com tulipas de choope geladas e com espuma espessa.
Amiga, feliz estou com teu retorno e aguardo para breve os textos que me acostumei a ler e aplaudir.
Miguel
(será que terei novamente a felicidade de te-la como minha amiga oculta?)

Anônimo disse...

uhruh!

Soninha disse...

Olá Crys...
Seja bem vinda! Que alegria tê-la novamente por aqui, cuidando de seu jardim.
Estimo pela melhora de sua mãezinha e desejo muuita força para você, a fim de poder superar tudo o que precisa ser superado.
Muito bem lembrado por você, não há mal que semre dure, realmente...Tudo passa!
Muita paz pra vc!
Beijossssssssssssss

Soninha disse...

Em tempo...
Sobre seu texto na blogagem sobre adoção, excelente.
Que história triste e que trabalho maravilhoso o da Instituição em que vc atua como voluntária!
Estou lendo os textos, aos poucos....São muitos, não é mesmo?!
Fiquei feliz em ver sua postagem.
Muita paz! Beijossssssssssssss

disse...

eu vim dar uma olhada nesse jardim e ah que surpresa boa : vc voltou para cuidar dele!
feliz retorno e que bom que tua mae tem a vc!
melhoras a ela e muita alegria no caminhar...
um gde beijo

dácio jaegger disse...

Dá para ver que vc está bem feliz e que ao comunicar esta felicidade, o Jardim se inunda de cores pelo efeito da luz que se irradia do seu olhar. Então continue olhando, examinando tudo à sua volta, deixando que as peripécias tão comuns no seu viver diário continuem a deleitar todos os seus. E nós daqui das distâncias também. Estaremos rentes como pão quente; esperando a fornada, degustando e buscando outra. Bem-vinda ao mundo blogueiro nesta resurgida das sombras, Beijos.

ELIANA ALVES disse...

Quem os refrescantes
ventos do verão que se aproxima
a envolvam...

Que bom que voltou!

Beijão!
Beijão!
Beijão!
Mais beijos...

Zeca disse...

Cryslindinha!

Dei uma passadinha pra ver se o jardim tinha muito mato crescido, se não precisaria de um pouco de água enquanto aguardava o retorno da sua jardineira e, maravilhado, encontrei-o colorido, perfumado, exalando felicidade.
Estou muito feliz pelo seu retorno e pelas melhoras de sua mãezinha que, felizmente tem você para cuidar dela e dar-lhe amor e carinho.
Agora é aguardar o florescimento dos novos textos e a algazarra da passarada.

Beijos. Carinho.