Eu penso (também) assim:

Desejaremos, um dia, o que vivemos: realidade fugaz dos sentimentos,
cheios de paz, de gozo e amor insano!



11 de março de 2010

Devaneios, mais um de tantos! (II)

Aí a gente pensa que sabe tudo e sai despejando aqueles conselhos (cá prá nós, inutéis), que ninguém mais aguenta ouvir, do tipo "ocupe a cabeça", "dê tempo ao tempo", "preencha os espaços com outros conteúdos" e coisa e tal. Logo em seguida a frase feita: "uma hora passa!"

Sério, é sempre tudo isso mesmo. O mesmo script. O mesmo clichê. Somos personagens repetitivos, como nas novelas do Manoel Carlos, pior que sem direito ao Leblon e ao José Mayer!

A sorte é que, para além das previsíveis cenas dos próximos capítulos, percebemos que, sim (!), somos co-autores dessa bagunça toda. E o pior que é tudo, sem ensaio, sem cortes e sem ter a mínima idéia de como será o final. Por sorte (?!) ou não, podemos escolher um caminho pra seguir no dia seguinte e em todos os outros também. Mas também, podemos escolher um caminho pra desviar. Sim, porque desviar também pode ser um bom caminho. Afinal, nem tudo é certo, nem tudo é errado. O que tem, é o que tem e pronto, dane-se!

O mais engraçado é que a gente bem sabe de tudo isso. Acontece que, na hora, sabemos também, de muitas outras coisas e não dá tempo de organizar os saberes.
Saber demais e saber de menos, qual a melhor opção. Eu não sei, você sabe?!

Enfim, já chega de devaneios, tá na hora de percebemos que aqueles conselhos de sempre, as frases feitas, as piadas prontas, são as coisas mais bonitas desse mundo, o que no fundo, naquela desorganização de saberes, já sabíamos. Só demoramos a lembrar – o que não importa nenhum pouco, porque demorar já não tem a menor importância quando tudo fica leve.

Aliás, logo percebemos que ser leve também é das coisas mais bonitas desse mundo!
Ser leve, falar palavrão porque não há palavra ou palavrinha que exprima tão bem.
Ser leve, tem cabelos soltos e vestido rodado e colorido.
Ser leve e embalar as emoções e dormir em paz!

Já começamos a antever que o episódio já se aproxima do fim, e dá medo, um frio na barriga, a maior ziquizira... e vem aquele sujeito (ou sujeita) incoveniente e diz:
- isso tudo é muito normal, relaxa!
- PQP, me deixa!!

9 comentários:

Miguel S. G. Chammas disse...

Ro, lido o texto que gostei muito, fiquei sem saber o que escrever e comentar, então:
"tenha paciência, tudo vai passar e a vida vai continuar seu rumo......" rsrsrsrsrs
(não vale dizer palavrão!)

Soninha disse...

Olá, Crys, amada amiga!

Toda vez que estamos envolvidos em algum problema, nosso estado emocional fica diferente, óbvio e, nem sempre, conseguimos atinar com as idéias, mesmo.
Então, quando alguém dirige uma palavra, mesmo que convencional, parece que as nuvens cinzentas que encobriam nosso raciocínio se diluem e passamos a enxergar melhor, ter mais clareza...
Não dá para vivermos sozinhos, isolados, pis somos seres sociais e conviver é uma arte, realmente.
Melhor deixar a irritação de lado e agradecer a Deus por ter ouvidos, mesmo que para ouvir algumas besteiras.
Não importa que seja frase feita, mas, realmente, tudo passa...
A coragem é a melhor ferramenta nestas horas. Coragem de enfrentar, de tomar decisões, de agir....mesmo que caiamos, mas, que tenhamos força para levanatar e seguir...
Sei lá....kkkkkk
Excelente final de semana.
Muita paz! Beijosssssssss

jefdiesel disse...

Tô contigo! e não abro...

Grace Olsson disse...

Crys, acho q ue vc ta certa..naquela hora, quero mesmo é gritar, espernear....kkk
bjs e dias felizes menina

Paulo R. Diesel disse...

Posso te dar um conselho?
Tá bom já sei. Não darei.

Beijo Crys, tema relevante.

Bia Carvalho disse...

Olá!
Você gosta de ler?
Então acho que você vai gostar do meu blog de livros:

Amor, Mistério e Sangue

Ele é especializado em Suspenses Românticos, mas de vez em quando eu falo sobre outros gêneros de livros também.
Quando puder, me faça uma visitinha e se quiser me seguir, eu vou adorar!

Shirley disse...

Rô, mas eu não resisto a te dar um excelente conselho: quando vc quiser conselhos, vá lá e compre! :-D Bjo, manazinha!

Anônimo disse...

Sem clichê:

NESTA VIDA, NADA DURA APRA SEMPRE!
bjs e dias felizes

Anônimo disse...

comentei antes..s.em nome....

Grace