Eu penso (também) assim:

Desejaremos, um dia, o que vivemos: realidade fugaz dos sentimentos,
cheios de paz, de gozo e amor insano!



22 de janeiro de 2009

Amor pra sempre!



"Preciso de amor completo, cheio, transbordante.
Portanto, não me venha com amor pouco.
Não me chegue com sentimento incompleto, faltando pedaço.
Ah, não me traga amor pelo meio, dividido.
Não me ofereça só uma parte do seu coração.
Quero amor inteiro, sem cortes, sem ceder nada a ninguém.
Egoísta? sou sim.
Quero-o só pra mim.
Não me venha com amor de segunda mão.
Nem com paixão usada, surrada, batida.
O que eu desejo é um amor novo, reluzente, de primeiro dono.
Sem essa de amor genérico.
Não me dê o que poderia ser de qualquer uma.
Espero amor exclusivo, personalizado, feito pra mim.
Outra coisa, nada de amor frágil, heim!
Que se quebra, na primeira esquina da vida.
Encantamento quebradiço? To fora!
Quero amor forte, como o nosso olhar.
Amor resistente, que suporte choques.
Ah, meu amor, não me dê amor com validade.
Não me estenda envolvimento perecível, com data para acabar.
Necessito de amor que não se estrague, que não mofe, que dure pra sempre!
Mesmo sabendo que o prá sempre, sempre acaba!"

Baseado num texto da revista Living

Chega de Jardim abandonado! Estou de volta para "postar" um pouco das coisas que eu gosto!
E logo depois da faxina geral 'aqui em casa', com calma, visitarei os amigos, que tanto sinto falta.

Beijos e me aguardem!

16 comentários:

Ana Lúcia. disse...

Crys!!
Quase ao mesmo tempo, cê aqui e eu lá, falamos do amor... o teu um coração vermelho e o meu um coração azul...
É isso, começar e recomeçar sempre com amor!!
E que aqui, neste belíssimo "new garden", as letras replantem amor e floresçam carinho!!
Que bom você novinha aqui!!!
Deixo aquele beijãozinho, uma saudade dizendo adeus e um abração apertadinho.

QuincasB disse...

obama! obama!

Shirley Pacheco disse...

Putz, e chegou querendo é pouca coisa, hein? É issaí, manazinha, querer é teu direito!
Agora esse fundo negro eu me arrepiei toda, uuuuuuuuuuuui! :-D
Bjo!

Ceci disse...

oba, que legal que voltaste, e com esse amor todo, para sempre amar, me lembra Drummond em seu poema AMAR
sendo que este amor teu é demaissssssssssssss!
Abraços e até breve.

Zeca disse...

Crys,

que bom saber-te de volta! Reencontrar teu jardim todinho replantado, repaginado, estalando de novo. E com um poemaço desses, onde o amor é o eixo da vida e é para sempre.

Bem vinda de volta!

Beijaço.

Dora disse...

Oi, Crys!! Saudade! Esse amor "inteiro" que você exige, acho que é o único que pode ser assim nomeado...mesmo. As outras maneiras de amar, que você foi enumerando, não valem, não fazem parte do verbo Amar, porque não resistem aos sopros das vendavais.
Tá certa você! Queira sempre o amor que mais se aproxima da sua definição.
Beijos, menina!
Dora
(seu Jardim ficou bonito!).

Miguel disse...

Oiiiiiiiiiiiiii, enfim a boa filha à casa torna!
E chega de casa repaginada, feliz e com muito amor prá dar.
Aqui deste lado do Brasil eu sinto o palpitar de teu coração e te dou boas vindas.
Ah! Vai lá no meu cantinho de rabiscos, tem um desafio prá você.

Beti Timm disse...

Crys,

bom retorno e pelo visto uma volta triunfal, falando do amor maior, que muitos dizem não querer, mas sonham todas as noites com ele batendo à sua porta. Amor só é amor se for como vc descreveu, senão é amor "made in Paraguay"...rs

Beijocas, todas

Shi disse...

Manazinha, como é pouco provável que amanhã apareça poraqui, venho com muuuito carinho te desejar um dia maravilhoso, de muita paz, e que todas as alegrias do mundo te acompanhem, por toda a tua vida (e que essa seja longa! rs).
Bjo, e feliz aniversário!!!! :-D
Shica

Georgia disse...

Falar de Amor, é a melhor coisa, mas vivê-lo é mágico.

Bom dia!!!

dácio jaegger disse...

Feliz Aniversário querida Crys.
Gostaria que seu melhor presente de aniversário fosse este amor que você descreve nesta linda poesia tão cheia de amor para dar. Pudera eu, até com certa urgência, invocaria o espírito de Diógenes e sairia com você, ele com sua lanterna, de dia e de noite, buscando este ser, notadamente angelical que faz parte do seu imaginário. Mesmo que não seja possível, passo a desejar que este presentão caia em seus braços com a urgência que parece necessário. O poema é fantástico, é sua reprensentatividade com toda a certeza. Um abraço bem apertado com beijus mil

Grace Olsson disse...

Ai Cris..vc me deu tanto animo que nem vc sabe, viu?
Obrigada perla forca, querida e vou-te linkar tbm.Estava devendo isso por que tenhoe stado dessa forma..Hj, decidi me levantar..beijos e dias felzies

Soninha disse...

Olá Crys...
Que delícia mudar, de vez em quando, né?!
Ficou tudo muito bonito. Parabéns!
Reiniciar com este desejo de amar muito e ser amada mais ainda, é tudo de bom.
Venho abraçá-la pela decoração nova e pelo bom trato em seu jardim e me deparo com esta feliz notícia de seu niver.
Quero abraçá-la por esta raqzão também, enchendo sua bochecha de beijinhos e desejando que tudo de melhor lhe aconteça neste novo ano de sua vida.
Que Jesus a abençoe com muita saúde e prosperidade!
Muita paz! Beijossssssssss

Karine Leão disse...

Crys,

Vim matar as saudades do seu jardim e dizer que estou de volta... e que bom que vc tb voltou.

Beijos Karinhosos e saudades!

Claudinha ੴ disse...

Olá Crys! Devemos sempre desejar um amor assim, é o segredo para que nunca se acabe! Volte com força total! Beijos!

Paulo R. Diesel disse...

É isso Crys.
Faça a limpeza
C o m p l e t a