Eu penso (também) assim:

Desejaremos, um dia, o que vivemos: realidade fugaz dos sentimentos,
cheios de paz, de gozo e amor insano!



21 de outubro de 2008

Cumplicidade!

Fim de semana passada, escutei uma frase que eu escuto a anos:"Eu estava observando que vocês conversam pelo olhar, né? Não precisa falar nada que vocês se entendem mesmo assim"
Aí eu lembrei, que certa vez, eu e um amigo, resolvemos ir pra cozinha preparar uns tira gostos pra uma noite que prometia ser longa, era o niver dele.
Depois de mais ou menos uma hora ali, (entre queijos, salaminho, cebolas, azeitonas e afins) não tínhamos trocado uma palavra, prá lá e prá cá na cozinha, nos ajudávamos no que era preciso, sem um único "ai", só um Paulinho (da Viola) rolando lá na sala. Foi lindo!

É por isso que as vezes, temos que ter cuidado com o olhar, ou será a certeza de pura cumplicidade. O importante é conviver com pessoas que o silêncio seja suportável e até prazeiroso, basta a presença.
É, é isso mesmo!
.

16 comentários:

Miguel disse...

Crys,
Com Paulinho na vitrola e amigos no ambiente para que mais palavras?
O silencio é uma perfeita gritaria.

clarice ge disse...

olhares que se cruzam e casam 'cristal'inos ... é olho no olho de quem se entende...
olhos podem barulhar o silêncio ou
silenciar o barulho.
to cos oio em tu, égua. rss
abraço e beijoca
cla

Paulo R Diesel disse...

Não acho que temos que ter cuidado com o olhar e sim, temos que olhar.

Legal esta cumplicidade que descrevestes


Beijo Crys

QuincasB disse...

voyeuse! voyeuse!

Shi disse...

Pu-ti-tan-ga, comigo isso seria IMOSSÍVEL: eu falo muito (demais, até! :-P). Comigo até cumplicidade tem que ser barulhenta... rs. A-do-ro o Paulinho (da Viola). Bjo! :-D

Marta Matos disse...

Realmente, o silêncio entre dois amigos muitas vezes fala coisas lindas. abraço e boa tarde

Beatriz disse...

Minha linda, é um privilégio único conviver com alguém que nos entende apenas no olhar, numa cumplicidade que gratifica tanto o coração. Tenho também dois amigos, primos meus, com quem mantenho esse laço de afetividade tão profundo que não necessitamos de palavras quando estamos juntos. É uma comunhão só, e mesmo estando longe (um deles), acredite, sabemos quando um necessita do outro e um telefonema coloca em comunicação aquilo que já se anunciava na 'intuição'. Se com amigos já é assim tão bom, imagina com o ser amado (rs)?

Grata, meu anjo, pelo carinho dos registros no meu espaço. Ficou o rastro da tua luz iluminando tudo... te beijo no coração por isto!

Deixo também um lindo raio de sol que aportou agora no meu jardim e o envolvo entre as pétalas de uma perfumada rosa azul para enfeitar o restinho de tua tarde.

Tudo, com meu carinho.

Soninha disse...

Olá Crys...
É muito bom quando se tem esta afinidade com alguém que entende tudo o que se passa em nosso pensamento e não precisamos falar nada.
Estamos em franca evolução, do ponto de vista humano e, penso que, no futuro, nem usaremos mais a palavra articulada...usaremos a telepatia...é mais rápido e funcional.
Sabe, lá na Instituição, qdo temos os eventos em prol das obras assistenciais, trabalhamos num número bem grande de colaboradeores e pouco falamos. Bastam olhares e alguns gestos e tudo sai sincronizado e muito bem feito.
Agora, cá pra nós, com uma música legal ao fundo e boa companhia, como vc descreveu, nem precisaria falar nada mesmo.
Adorei viu!
Agradeço imensamente o carinho expresso em suas palavras, quando da visita lá no blog.
Adorei mais ainda a complementação do texto...Bem poderíamos escrever a quatro mãos. Vamossssss????????
Como eterna aprendiz, muito obrigada, pois vcs são meus mestres.
Muita paz!!! Beijossssssssss

Lela disse...

Minha amiga, conversar pelo olhar é tudo! Alcançar isso é o ápice da cumplicidade em qualquer que seja o afeto envolvido.
A propósito, passei o olhar no post anterior, quem é Yasmin?
Beijos!

disse...

ola minha querida.. muitas vezes basta um simples.. um gesto de compreensao.. aquele sorriso do outro lado da sala a mostrar que esta tudo bem..
o silêncio diz muito...

um gde beijo e que a presença do Pai esteja sempre em teu caminhar....

disse...

* um simples olhar...

beijos novamente... ;O)

Aninha Pontes disse...

Crys, você tem toda razão. O silencio também é muito importante, e entre pessoas que se amam, a presença diz muito, o olhar completa qualquer pensamento.
Muito bonito seu post.
Um beijo

vitoria disse...

Obrigada pela tua "presença",no meu reclinada...
Só isso levanta o ânimo.Volta sempre...um bom fim de semana :)

loba disse...

Acho que esta sintonia acontece entre amigos de verdade. E acontece com frequencia na relação pais-filhos, né? Muitas vezes, o olhar tem um grande poder de comunicação!
Lendo o exemplo que vc deu, me lembrei de algumas situações onde vivi esta simbiose. E deu até vontade de contar! rs...
Beijo querida. Ótimo fim de semana!

Claudinha disse...

Amada!!!
que saudades do teu cantinho... que saudades de ter a companhia!!!
infelizmente nossos olhares não podem se falar...rsrsrs... mas muito mais devido a distancia que qualquer outra coisa... tenho certeza que essa "cumplicidade" se conquista com o tempo, mas a nossa, apesar de ser através da telinha, muitas vezes foi regada a silencio de letrinhas e mesmo assim, conseguiamos nos sentir próximas, não é?
amei o teu texto.
muitos beijos e saudades

Ceci disse...

olá, Crys,
saudosa de vcs todos, porém observo que as realidades nossas são tão fortes e nos exigem tanto que o que sobra pra o virtual é menos... Daí as ausências todas sentidas.
Quem sabe breve nos encontremos em algum blog, pra conversar?
Lá no Amigos Ocultos ainda é possível. No mais, vamos entrar na ADOÇÃO?
Beijos, bom domingo1
Ceci