Eu penso (também) assim:

Desejaremos, um dia, o que vivemos: realidade fugaz dos sentimentos,
cheios de paz, de gozo e amor insano!



10 de setembro de 2008

Post - Poesia! III

Diante da tua ausência
minha vontade passou

O fogo, a cócega, a urgência
o bom que o diabo amassou

Mas vida noves fora é drama
o golpe, a carne, a pequepê!

Minha imaginação trama
o que o coração não vê!
.
.

(Imagem da web)

.

9 comentários:

Sonia Regly disse...

Linda poesia, gostei muito.obrigada pela doce visitinha, volte outras vezes, ok???

Georgia disse...

Crys, nao estou mais ausente, rs.

Linda a poesia.

Hoje a Saia Justa faz aniversário, tenho uma maca para você lá.

Beijao

dira disse...

crysoca...saudade de vc. nem bem consegui postar e já estavas tu lá? rs Saudades de nossas brincadeiras e nossa interação no AO. Quem é Leandro?

Shi disse...

Eu já sou conhecida interwebicamente pela minha incapacidade total pra ler, entender, interpretar, sentir - o que for! - poesia. Mas a midi, putz, linda - parei tudo aqui e fiquei ouvindo, e ouvindo, e ouvindo mais um tico... :-)
Bjo.

Anônimo disse...

A arte da poesia... Poesia pra se beber sorvendo gole a gole. Vinho... Vinho bom, marcante... Vinho daqueles que dançam pela língua e criam memórias...
Beijo carinhoso nos dois.
P.S.: a propósito, orquideazinha hiper-mega-super-ultra libidinosa. Perfeita! rs...

Lela

Aninha Pontes disse...

Que linda declaração de amor.
"Com a tua ausência, não há como haver amor e desejo".
Muito bonito Cryz.
E a flor também é de muito bom gosto,a propósito é uma flor de paineira não?
Fiquei feliz com sua visita. Espero poder contar masi vezes com sau presença por lá.
Um beijo e um lindo final de semana.

dácio jaegger disse...

lindo o conjunto, a flor maravilhosa o verso melhor ainda. beijos

dácio jaegger disse...

que eu não pareça um ausente
volto a me fazer presente
para dizer pro leandro
que seu poema sintético
disse muito do que devia

Crys disse...

Sonia,
Eu tb, gostei muito, da poesia, principalmente do tema...
Bjos, querida!
__________________________

Georgia,..
Nem me fale em ausências, eu ando muito... rs
Bem, já fui lá e apanhei minha maçã.
Beijinhos, linda!
__________________________

Dirinha,
Que bom ter vc aqui...
Tenho saudades tb, vc acredita, ainda mais, que eu adoro brincar...
Qto ao Leandro, é só vc clicar no link e ir conhecê-lo, mas acho que vc já o conhece, apenas não lembra com esse nome, rsrs
__________________________

Shi,
Já falamos disso, e acho muito natural não entender, gostar, interpretar, sentir, etc... pelo menos vc não deixa de ler.
A midi, ahhh... é perfeita!
Bjosss
__________________________

Lela 'maria',
Nunca sei quando vc quer vinho ou caipirosca... que tal um sangue???? rsrs ( fui cruel, né?)
Agradecemos e retribuímos o beijo e o carinho, né Leandro?
Qto a orquidéa... pois é... sei, perfeita pra poesia. Quando te chamo de bruxa, vc não acredita...
Bjosss
__________________________

Aninha Pontes,
Toda poesia, é uma eterna declaração de amor!
Tua interpretação então, perfeita.
Eu e o amigo Leandro, agradecemos seu carinho.
Qto a flor, peguei na web, como orquidéa...
Eu que fiquei feliz em conhecê-la
Beijocas, querida!
__________________________

Dácio, meu anjo
Pra mim, tudo tem que ter harmonia, singeleza... E vc perecebe logo.
Obrigada, beijo-te!
__________________________

Dácio,
Poesia para Leandro?!?!
Agradeço em nome dele...rsrs
Bjos de novo, querido